Porsche e Audi surpreendidas com Model 3 e custos de desenvolvimento da plataforma para veículos eléctricos


“The e-tron as the first electric Audi is not only late. It does not reach some target values and has become far too expensive with more than two billion euros in development costs. The approximately 600,000 cars sold for the break-even are now regarded as an illusion.


“The Porsche and Audi engineers have to change [the PPE] because Tesla’s Model 3 has gotten better than they thought.”

Fonte

De acordo com o Electrek, a Audi/Porsche adquiriu o ano passado dois Tesla Model 3 para desmanchar e analisar a sua construção, custos e tecnologia através de “reverse-engineering”, ou em português, engenharia revertida. Situação que é aparentemente comum entre produtores de automóveis.

De acordo com um relatório Alemão, os engenheiros da marca foram surpreendidos de várias formas pelo carro, principalmente os custos de produção do mesmo. No relatório é referido que, os engenheiros tiveram de realizar alterações à nova plataforma (PPE) em desenvolvimento para construção de veículos premium eléctricos, estas alterações levaram o custo de desenvolvimento da plataforma acima dos 2 mil milhões de euros, que vão ser muito difíceis de recuperar com os supostos 600000 carros necessários.

Além do E-Tron, a marca está a desenvolver mais veículos para usar na nova PPE, mas os custos ainda são muito altos, pois supostamente estão a perder 3000€, por veículo, com a primeira versão do E-Tron. O atraso no lançamento de novos veículos está em equação de forma a tentar tornar a construção dos mesmos mais barata, neste momento a produção das baterias é o sistema a necessitar de mais melhoramentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *