BMW iX3 com imagem divulgada pela marca

Entretanto prosseguem os testes com unidades especiais (test mules) do modelo cujo lançamento está previsto para finais de 2020.

A entrada em grande escala da BMW no mercado de veículos elétricos com maior autonomia é deveras interessante uma vez que está associada à investigação e desenvolvimento das baterias solid state. Especulando-se ainda os timmings mais tardios que podem evidenciar que a aposta nessa tecnologia estará para breve.

Quanto ao iX3 para já anuncia 400 km de autonomia graças a um pack de baterias de 70 kWh e uma velocidade de carregamento de 150 kW.

Em relação a este modelo a BMW também comentou que irá ter uma nova geração de powertrain:

“The fifth-generation BMW eDrive technology is distinguished by its extremely compact design. The electric motor, transmission and power electronics are now grouped into a single component, making it much easier to integrate them into different vehicle architectures. Plus, their modular construction enables them to be adapted to the performance levels required and the available space. Another notable element is that the electric motor does not need any rare earths, which means the BMW Group is not dependent on their availability.”

A BMW surge no último lugar dos grandes fabricantes alemães a apostar tudo na mobilidade eléctrica, será caso para dizer que quem ri por último…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *