Abu Dhabi com maior bateria de armazenamento de energia do mundo e não é de Li-ion

Já tínhamos mencionado o princípio da mudança do paradigma energético no médio oriente e além do colocar o foco na produção de energia a partir do sol, há mais boas notícias desta quinta solar.

A capacidade de 648 MWh colocá-la de longe como o local do mundo com maior capacidade de armazenamento. Esta super bateria é na realidade a junção de dez módulos que são controlados como se de uma só pessoa unidade se tratasse. A NGK é a empresa responsável por este tipo de bateria que se diferencia não só pela capacidade gigantesca de armazenamento bem como a sua composição que ao contrário da esmagadora maioria que usa Li-ion, utiliza células de sódio-enxofre (NaS) que possibilita um tempo de vida superior por aumento do número de ciclos de carga e descarga. Mas há mais vantagens, o tempo de resposta é menor, a eficiência sobe aos 85% e ao contrário do lítio e cobalto, as suas matérias primas abundam tornando-as economicamente mais interessantes.

No entanto tem que atingir a temperatura óptima de performance de 300 graus Celsius algo difícil para veículos mas que num deserto não é grande problema, no entanto há mais desafios. O sódio líquido é altamente reactivo e pode explodir na presença de água pelo que as células tem de ser bem isoladas e protegidas de corrosão, o que faz com que aumentem os custos neste pormenor. As células são incorporadas numa espécie de contentor de chapa isolada por liga de crómio e molibdénio no interior para proteger da corrosão.

O governo de Abu Dhabi tem o plano ambicioso de se descarbonizar o máximo possível apontando que em 2050 a energia produzida seja obtida 60% via energias renováveis, para tal são investidos 160 B$ até 2030.

Em declarações o sheik Mohammed bin Zayed afirmou:

”In 50 years, when we might have the last barrel of oil… I can tell you we will celebrate that moment,”

Nada poderia ser melhor que no berço da extração e transformação de petróleo o negócio emergente seja produção de energia a partir de renováveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *