Tecnologia V2G em funcionamento

Para quem pesquisa muito sobre o conceito V2G tudo ainda não passa de propostas, conceitos e algumas demonstrações em salões automóvel e/ou energia.

No entanto o grupo Engie colocou em pleno funcionamento um sistema V2G que o Fully Charged visitou. Constituído por uma bateria de armazenamento no edifício que faz a ponte com o carregador localizado no exterior do edifício. Esse mesmo carregador está ligado a um sistema de geração de energia solar, sendo mais eficiente, usa só um inversor que está integrado no ponto de carga, não o tornando dispendioso.

O protocolo CHAdeMO é o utilizado pela facilidade da bidereccionalidade da energia. Neste sistema qualquer veículo com CHAdeMO pode usufruir deste sistema sem que necessite de algum update de software.

Um dos pontos críticos que se aponta a estes sistemas é a possibilidade de uma maior degradação dos packs de baterias dos veículos, no entanto esse poderá ser um não assunto. Já percebemos que as situações de vida real dão outra leitura e quando inicialmente se falava de degradação em veículos elétricos nunca se imaginaria que agora há automóveis com 400.000 km e com 10% de degradação. A Engie através dos seus testes está a obter dados que indicam que a degradação não será tão acentuada como se anuncia uma vez que os ciclos de carga e descarga neste sistema são muito mais lentos quando comparados com os ciclos de condução dos veículos.

Em termos práticos, a partir de um veículo e em caso de falha de energia geral, um veículo pode durante duas horas fornecer energia para luzes de emergência e elevadores. Num sistema mais evoluído poderá gerar-se uma micro rede e os veículos podem ser fornecedores de energia para a mesma usando um sistema do género Air BnB que poderá fazer lucrar os proprietários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *